ECONOMIZE E FAÇA VOCÊ MESMO: CONVITE DOS PADRINHOS



Oi, oi, noivinhos e noivinhas!

Hoje vou escrever para vocês sobre o convite para os nossos queridos padrinhos. Espero que gostem! Vamos lá:

Quando começamos a pesquisar sobre os convites, vimos muitas ideias e muitos modelos, mas decidimos que, por economia e por originalidade, queríamos fazer nós mesmos (estilo DIY mesmo! hahaha). Bom, depois de muita pesquisa, decidimos que queríamos colocar os convites dos padrinhos em caixas de mdf. Foi então que surgiu a dúvida: compraríamos as caixas prontas ou faríamos todo o processo? Apesar de sabermos que daria um pouquinho mais de trabalho, decidimos fazer tudo.

Primeiramente, gente, quero dizer que foi a melhor escolha! A experiência de fazer os convites nos uniu como casal (ele participou de cada passo) e permitiu também que as nossas famílias participassem dos preparativos de modo bem direto (colocamos todos a mão na massa, minha família lixou, a dele pintou, nós criamos a arte das tarjetas e dos convites... enfim!).

Mas chega de enrolação e vamos ao que interessa, né?

Decidido o modelo, fomos atrás de onde comprar as caixinhas e nos indicaram ir à Feira da Torre. Foi uma ajuda e tanto! Compramos todas as 15 caixinhas (tamanho 15x21) com o Deoclécio lá na feira. Ele fica em uma kombi, bem ao lado da estação de bicicletas, perto do estádio Mané Garrincha. Tem todo tipo de caixas lá. Dica: já pintadas, elas ficam mais caras, pintando dá mais trabalho, mas economizamos. Ai é questão de escolha do casal.

Compramos na loja Casa do artesão (loja excelente) as tintas e os pincéis e no Taguacenter (tem absolutamente tudo lá) compramos a palha seca para forrar as caixinhas e as fitas para os laços da tampa.

Pintamos as caixinhas de branco, mas claro que vocês podem escolher as cores de preferência. Olhem como elas ficaram lindas já pintadinhas e forradas com a palha:


Como podem notar na foto, fizemos um laço channel ("fizemos" é muita gente, né? hahaha o noivo fez cada lacinho desse. Acreditam?) para cada tampinha e mandamos fazer nosso monograma em vinil na Gráfica LM, no SIA.

Dentro da caixinha, foram os convites e uma surpresinha para os padrinhos que vocês vão saber abaixo qual é.

Fizemos toda a arte dos convites no programa Corel Draw (programa perfeito e super útil), escolhemos as cores, mudamos o fundo (não dá para ver muito na foto, mas tem uns arabescos num tom de dourado bem clarinho), as fontes. O bom do programa é que dá para alterar tudo isso. Olhem como ficaram os convites:


O texto nós pegamos de um modelinho que achamos na internet e fizemos nossas adaptações. Ficou muito legal, né?


Optamos por colocar uma tarjeta para os padrinhos pensarem que tinham escolha. hahaha 


E, claro, agradecemos com muito carinho a essas pessoas maravilhosas que disseram sim!

Como eu escolhi a cor destinada aos padrinhos, fizemos cartõezinhos para passar as informações para eles de forma bem carinhosa e delicada. Vejam como ficaram lindos:

Para as mulheres, colocamos a informação acerca da cor e demos a paleta para que elas possam escolher o tom. Escolhemos a cor azul tiffany.


Para os homens, para que eles não se assustassem com a cor (que muitos deles nem conhecem, diga-se de passagem... rs), fizemos um cartãozinho para falar da gravata e das cores de terno e camisa. Criamos cada texto, tudo de forma muito simples e carinhosa:


Não ficou a coisa mais linda do mundo??

Depois da arte prontinha, mandamos imprimir em papel couchê, gramatura 240 (nem sabia que existia isso, mas existe. rs), lá no SIG.

Quanto à surpresinha para os padrinhos, mandamos revelar em papel foto nosso save the date e colocamos em um porta-retratos lindo e singelo. O melhor preço que encontramos foi também no Taguacenter. Vejam que lindo que ficou:


O resultado de todo esse trabalho não poderia ser outro: nossos escolhidos chorando, nos abraçando, nos dizendo o quanto eram agradecidos pelo carinho e capricho com cada detalhe.

Só posso dizer que valeu muito a pena cada noite que fomos dormir depois de cinco da manhã, cada arranhão nos dedos pela lixa, cada roupa perdida em razão da tinta.

Quando as coisas são feitas com carinho, isso transparece, transcende. Espero que este post ajude vocês e os inspire!

CASAMENTO GUIM – Música da Cerimônia – Nossa seleção- Sintonia Harmônica (Post 7 de 14)

Noivas e Noivos,

Hoje vim falar sobre uma coisa que faz muita diferença em um casamento: A MÚSICA!

A música da cerimônia é a porta de entrada do nosso casamento. A música é uma parte muito importante, pois ela dá identidade ao casamento. É por meio dela que expressamos sentimentos e a nossa personalidade. É incrível como podemos sentir mais emoção quando ouvimos uma música que gostamos, certo? 

No meu caso, a música foi um dos contratos mais difíceis. Não encontrava ninguém que pudesse tocar as músicas que eu gostaria e que fizesse algo realmente personalizado. Eu procurava alguém que estivesse disposto a tocar músicas que nunca tinham sido ensaiadas antes, pois algumas delas não eram comumente tocadas em casamentos. 

Um dos instrumentos que eu mais gosto é o violino! Esse eu sabia que não poderia faltar! 


A nossa lista de músicas foi a seguinte:

Entrada Noivo – Andança – Beth Carvalho
Entrada dos Pais - As time goes by – Frank Sinatra
Casais de Padrinhos - Every breath you take – The Police
Damas - Accidentaly in love – Counting Crows
Noiva - You´ve got a friend – James Taylor
Alianças – UP - Filme
Beijo - I´m yours – Jason Mraz
Assinaturas - Because you loved me – Celine Dion
Saída - All star – Smash Mouth

Nessa quase infindável busca por um fornecedor que atendesse às minhas expectativas conheci a Sintonia Harmônica. E aí vai um pouco da história da banda que realizou o meu sonho musical:

A Sintonia Harmônica se estabeleceu no mercado de Brasília há mais de 12 anos oferecendo música ao vivo para cerimônias de casamento, além de um show espetacular (mas isso vou contar depois – ainda é surpresa!).



O Ivan, fundador da Sintonia Harmônica (e um amor de pessoa), já tinha a música no sangue, pois seu avô foi integrante da Orquestra Nacional.  No fundo, o Ivan sempre quis ser músico, mas o seu avô o encorajou a fazer uma faculdade como direito ou administração e ter um emprego mais comum, já que viver de música é uma empreitada e tanto. Depois de trabalhar 10 anos em um banco multinacional e nunca tendo abandonado a música, o Ivan largou tudo e abriu a empresa dos sonhos dele (para realizar os sonhos de outras pessoas, inclusive o meu!). Assim nasceu a Sintonia Harmônica.

Um dos principais diferenciais da Sintonia Harmônica que é ela contribue para que os momentos sejam evidenciados através de produções musicais personalizadas (que foi justamente o meu caso). Sei do cuidado que a equipe da Sintonia Harmônica tem com cada um dos seus noivos. Fiquei muito na dúvida sobre quais instrumentos escolher. Como toda noiva eu tinha um orçamento e não poderia ter 10 músicos como eu gostaria, então o Ivan me ajudou a decidir quais seriam os melhores instrumentos para as minhas músicas.

Os equipamentos utilizados são de alta qualidade, e isso faz muita diferença, pois o som sai perfeito.

Eles já realizaram mais de 1.000 eventos, todos com contrato. O que me deu segurança para fechar o contrato.

O meu vídeo de casamento está quase pronto, assim que estiver mostro para vocês trechos das nossas músicas. Enquanto isso, seguem alguns vídeos que me inspiraram a encontrar a música certa para o meu casamento:
(o último vídeo tem uma das músicas do meu casamento - UP!) 







CRIARTS: economia e sucesso garantidos!



Oi oi, noivinhos e noivinhas!

Chegando à fase final das preparações, já que a partir de hoje faltam exatamente 50 dias (a esta altura, meu sobrenome é ansiedade! Rs), partimos para os últimos contratos.

Da série empatia com o fornecedor, aliada ao bom preço e à certeza de sucesso, hoje apresentarei a vocês a Criarts, a nossa escolha para decoração da igreja para o nosso grande dia.

Ao chegar na Criarts, fomos recebidos com muito carinho e muita atenção. Mesmo, gente! A Danielly, funcionária que nos atendeu, passou umas três horas com a gente mostrando as peças, as cores e dando várias ideias. Somos meio indecisos. Ela teve bastante trabalho. Rs

Para vocês terem uma ideia quanto à beleza das decorações da Criarts, vou trazer abaixo alguns registros do trabalho deles.

O Santuário Dom Bosco ficou ainda mais lindo com essa decoração clássica e perfeita, em cores claras:


Percebam como os arranjos são certinhos, como a altura do caminho de aster é uniforme, bem arrumadinho. Isso demonstra o cuidado com que eles fazem o trabalho.

Uma opção super bacana é usar peças separadas e intercalar com velas também. A junção de peças de diferentes tamanhos dá um ar super moderno e os cachepôs de vidro trazem o ar romântico e externo, de jardim:


Mas eles não fazem só decoração para igrejas, eles também decoram espaços ao ar livre. Vejam: 


Quer uma decoração com cores? Eles também fazem e fica lindo! Percebam como fica harmônica a distribuição dos arranjos e das cores:




Diferente essa última, né? O muro de folhas e o caminho sobreposto é uma boa pedida para fazer bonito no seu dia e fugir do tradicional.

E se você procura um fornecedor que faça decorações para festas, a resposta também é a Criarts! Eles tem peças para todos os estilos, desde o mais clássico até o mais rústico:


Na foto acima, as peças clássicas, em prata e vidro, combinaram perfeitamente com os lustres, dando um ar bem clássico à recepção.


E esse detalhe das flores suspensas? Não é magnífico?

Se vocês gostam de acessórios mais rústicos , vejam estas decorações com lanternas e flores coloridas:



Lindo demais, né, gente?

E a delicadeza das tulipas e das orquídeas? Eles também tem a opção destas flores nobres e delicadas para a sua decoração:


Observaram as variedades de peças, de estilos, de flores? Eles realmente abrangem todo o mercado e tem decoração para todos os gostos, noivinhos!

E por último, mas não menos importante: o preço! Pesquisamos muitos fornecedores, mas o custo x benefício da Criarts é realmente incrível. Eles têm preços muito bons, aliados à qualidade inquestionável. Eles sabem de verdade o que é lidar com o nosso sonho.

Conheçam a criarts e apaixonem-se, assim como nós! Foi à primeira vista!


Cerimônia - Parte 2 - CASAMENTO GUIM (Post 6 de 14)

Arroz ecologicamente correto, casamento desconectado e lágrimas de alegria.


Quando estava preparando o meu casamento eu pesquisei muito na internet e comecei a prestar atenção em todos os detalhes dos casamentos que eu ia. Uma coisa me chamou muito a atenção: 

Muita gente fotografava a cerimônia e principalmente a entrada da noiva... 
E a pobre da noiva acabava com fotos assim:






Foi então que tomei uma decisão difícil: 

Fazer um casamento “desconectado”. 

Eu já tinha feito um post abordando esse tema aqui no blog (clique aqui). Lógico que tive que lidar com caras feias. Algumas pessoas acharam um absurdo eu não querer que os convidados fotografassem a cerimônia (que fique bem claro que não poderia fotografar apenas durante o cortejo e a celebração – antes de começar a cerimônia e durante a festa os convidados poderiam fotografar o quanto quisessem). Mas decidi que assim seria, era o meu dia. Eu queria ver a cara dos meu convidados nas fotos dos fotógrafos, não o celular deles. 

Eu e o noivo pensamos muito e chegamos à conclusão que deixaríamos um cartãozinho simpático em cada cadeira, junto com as lágrimas de alegria e o arroz. 

O cartãozinho ficou assim:




Felizmente meus convidados respeitaram o pedido. E pude ter algumas fotos só com os sorrisos deles sem celulares para atrapalhar, como essas: 


Em outro post explico a história dessas orelhinhas... Mas já adianto que elas fizeram um super sucesso. Todo mundo riu e depois muita gente tirou fotos na cabine fazendo as orelhinhas!!! 







As lágrimas de alegria foram feitas pela Gaby, a mesma pessoa que fez a arte do convite. Veja o post sobre os convites aqui. Imprimimos em papel reciclado, para combinar com o convite que era de papel semente. Minha mãe montou todas as lágrimas de alegria!  Obrigada mãaaeee! 


Tivemos também o tradicional arroz, só que em formato de coração. E além disso, o nosso foi um pouco diferente. Ele é feito de sacarose (açúcar) e se dissolve com a água. Não fazendo mal para o meio ambiente e não sendo um perigo para as aves. Os flocos de arroz artificiais são um problema para os animais, pois eles comem achando que é alimento e depois passam mal.  




Não sei se esse arroz vende no Brasil, acho que já vendem sim. O meu foi trazido dos Estados Unidos pela a minha avó e minha Tia ! Obrigada Vó Mariana e Tia Heloisa! Ele vem em um saco grande como esse:





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...