A saga do vestido de noiva

Você mal fica noiva e já começa a pensar nele: O VESTIDO DE NOIVA.

Pesquisa na internet, compra revistas de noivas, assiste os programas "Chuva de arroz" e "O vestido ideal" e com isso sua cabeça começa a entrar em parafuso... São tantos modelos que fica realmente difícil escolher.



Minha saga começou no meio do ano, quando fui a um famoso bazar de vestidos de noiva... peguei senha e fui uma das primeiras a entrar para ver vestido... Além de ver que a mulherada quase cai no tapa,
foi frustrante! Sou magra, visto 38, mas tenho o busto grande. Fiquei arrasada quando via os vestidos ficando bons no quadril e cintura, mas sem fechar no busto. O único vestido que coube tava com a renda toda furada. :(

foto ilustrativa, esse não era meu vestido!
Vi que eu não tinha o perfil de bazar! Fui a várias lojas e fui bem atendida em todas: La fianceé, Idea Sposa, Iluminata Sposa, Maria Virgínia, D´Blanc... até que finalmente, por indicação de 2 amigas queridas, fui à POIZON CYMBELINE e amei um vestido da marca Cymbeline que estava em promoção. Não chorei de emoção, mas me senti uma mulher linda!!! O preço para compra era um pouco a mais do que o preço de aluguel das outras lojas que fui, mas estava dentro do orçamento que eu havia programado. Comprei, mas como tenho esse problema do busto farto as meninas encomendaram um que era 1 número maior do que o vestido que estava na loja para que coubesse no meu busto e a gente ajustasse no quadril e cintura!
 
Acontece que quando eu cheguei em casa e mostrei a foto do vestido para o meu pai ele gostou, mas não mostrou nenhum entusiasmo... fiquei com aquilo na cabeça por meses e já estava até cogitando alugar outro vestido para a cerimônia e usar o que eu havia comprado durante a recepção, mas como ainda faltavam mais de 10 meses para o meu casamento resolvi deixar pra ver isso mais pra frente.

Semana passada fui à vernissage da Poizon e me falaram que meu vestido Cymbeline havia chegado... Fui buscá-lo sexta feira e minha mãe, que não pôde ir à vernissage, resolveu olhar os vestidos novos da loja.


Modelo Castilla, by Rosa Clará. Claaaro que não é esse o meu Rosa Clará
Foi quando minha mãe viu um Rosa Clará, marca da espanha que também é vendida na Poizon, e me mostrou: FOI O VESTIDO MAIS LINDO QUE JÁ VI NA MINHA VIDA!!! Um pouco mais caro que o primeiro, mas eu quis experimentá-lo... antes mesmo de abrirem a cortina, para que eu mostrasse à minha mãe, eu já estava chorando! Quando minha mãe viu ela começou a chorar e TODAS as funcionárias da loja também choraram. Foi um momento único e eu não tive dúvidas de que esse sim era o meu vestido. Mesmo sendo uma troca, a Cris foi um amor e fez uma condição de pagamento que coube no meu bolso para que eu tivesse o vestido dos meus sonhos.





Veja algumas fotos da vernissage da Poizon Cymbeline

Cristiana Dias  (Poizon Cymbeline) e eu.

Thaísa Brostel (noiva) e eu!


Bruna Freitas e Carol Magalhães
Cristiana Dias (Poizon Cymbeline) e eu
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...