Cerimonialista Sandra, da 3S cerimonial, some e estudantes do DF têm formatura cancelada.


É com grande pesar que compartilho essa reportagem do DF TV. A empresa de cerimonial 3S tinha excelente reputação no ramo de Casamentos no DF, e em 2011, foi a responsável pela organização do casamento da ex blogueira desse site, Letícia Leal. 
Realmente a notícia do calote deixou a todos chocados e a equipe do Casarei em Brasília deseja que tudo se resolva da melhor forma possível para que os estudantes de psicologia da UNIP não tenham seu sonho acabado. 

Veja AQUI reportagem completa do G1. 







05/03/2015 07h23 - Atualizado em 05/03/2015 13h00

Cerimonialista some, e estudantes do DF têm formatura cancelada

Grupo pagou R$ 134 mil a empresária por culto, colação de grau e baile.
Por mensagem, ela disse não haver justificativa para o que fez.

Do G1 DF
Um grupo de formandos em psicologia de uma faculdade particular do Distrito Federal está se organizando para denunciar a responsável pelo cerimonial que realizaria a semana de formatura ao longo a partir desta quarta-feira (4), que desapareceu sem organizar a festa. Cada um dos 28 estudantes investiu R$ 6 mil. A TV Globo tentou falar com a dona do empreendimento, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.
A gente foi atrás dos fornecedores e descobriu que não tinha nada marcado, que não tinha nada contratado, que simplesmente não tinha festa pra acontecer"
Ana Laura Rosa,
formanda em psicologia
O contrato vinha sendo pago desde 2012 e previa culto ecumênico, a colação de grau e o baile. Os alunos afirmam que a mulher não avisou que não poderia arcar com o compromisso. Ela teria desmarcado uma reunião na sexta e, a partir de terça, parado de atender as ligações.
“A gente foi atrás dos fornecedores e descobriu que não tinha nada marcado, que não tinha nada contratado, que simplesmente não tinha festa pra acontecer”, conta a formanda Ana Laura Rosa. O grupo chegou a ir à casa da responsável, mas o marido disse que ela não estava.
Depois de várias tentativas de contato, o grupo avisou por mensagem que iria até a delegacia dar queixa. Na madrugada de quarta a empresária respondeu dizendo que não haveria contrato. Ela também se afirmou estar desesperada e que nem a família tinha notícias dela. A mulher alegou ainda que nada justificava o que ela havia feito.
Ao todo, os estudantes pagaram R$ 134 mil ao cerimonial. Alguns relatam que as famílias já estavam com as passagens compradas. “Eu tive que ligar agora à tarde, já desmarcando, pedindo para ninguém vir”, explica Lidiane Rodrigues. “Dói, é como se a gente perdesse o chão.”
Os formandos disseram que procuraram a delegacia do Gama, mas foram informados que não poderiam fazer o boletim de ocorrência por causa da quantidade de vítimas. A TV Globo também procurou a Polícia Civil, que não deu retorno até a publicação desta reportagem. O grupo decidiu juntar os dados de todos os lesados para entrar com ação judicial e procurar a delegacia especializada para denunciar a mulher por estelionato.

2 comentários

Anônimo disse...

Olha o link do facebook da pessoa que deu o calote no pessoal da UNIP!

Nada aconteceu com ela, enquanto o pessoal perdeu na questão da formatura.

https://www.facebook.com/sandra.carvalho.10485546

Anônimo disse...

Ontem tive a infeliz notícia que o processo será arquivado, pois a distinta senhora não possui bens em seu nome, convenientemente. Sairá impune, pois continua oferecendo seus serviços de "qualidade".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...