Como é a entrevista com o Padre?



Semana passada fomos fazer a entrevista com o Padre. Já tínhamos dado entrada com a papelada (se tiver dúvida sobre o que a igreja exige, clique aqui) e as proclamas estavam correndo. Já tínhamos feito o curso de noivos - que por sinal foi ótimo. Se quiser saber como foi o curso de noivos, clique aqui. Era a última fase (ufa!). Eu já havia pesquisado a respeito na internet e perguntado para outras pessoas. Dava um certo medo, pois não sabia exatamente o que esperar. Alguns relatos contavam que o Padre era super tranquilo, outras diziam que ele chegou a impedir o casamento... E eu, com igreja reservada, não queria que ele impedisse o casamento.

Clique AQUI e saiba tudo a respeito desse encontro

Bom, chegamos lá e ele nos recebeu no horário marcado. E fez as seguintes perguntas:



1- Jura dizer a verdade a nada além da verdade? Parece fácil, mas é difícil. Hehehehe

2- Quanto tempo de relacionamento? 

3- É batizado? 

4- Tem primeira comunhão? Eu fiz primeira comunhão, mas o noivo respondeu que não e o Padre deu-lhe uma bronca. O noivo começou a fazer o curso já depois de adulto, mas por conta de viagens à trabalho não conseguiu terminar. O Padre insistiu que ele terminasse assim que possível. Mas disse que isso não era impedimento para o casamento. Amém!

5- Foi crismado? Respondemos que não. Ele também não ficou muito contente, mas continuou com a entrevista. 

6- Já renegou a fé católica? O noivo disse que não. Mas eu respondi que sim e o Padre arregalou os olhos. Ele pediu que eu explicasse melhor. E eu disse que tinha me afastado da igreja, que não poderia mais me considerar católica, pois não frequentava, não ia à missa, e já não concordava com algumas diretrizes. Ele perguntou se agora eu era evangélica. Eu respondi que não. Ele perguntou se eu era ateia. Eu disse que também não, que eu tinha a minha fé, mas que não necessariamente ela se encaixava em alguma religião. Ele disse que então eu não tinha renegado a fé. Ele disse que eu, como muitos católicos, apenas tinha me afastado da igreja por um período, mas que eu iria voltar, e que renegar a fé era uma coisa muito mais séria. Bom, se ele disse, então está falado!

7 - Sabe que o casamento é para sempre? Que o que Deus une o homem não separa? E se compromete a nunca se separar? 

8 - Se compromete a ser uma esposa (esposo) boa (bom) e cumprir com as suas obrigações? Se compromete a viver de acordo com a fé católica e acolher os filhos que Deus enviar, criando-os na igreja?  

9- Se compromete em jamais realizar um aborto?

10- Entende a importância do matrimônio?

11- Se é de livre e espontânea vontade? A mais fácil de todas. Sim. 

No fim, é mais uma pro forma da igreja, acho que mesmo os católicos, se forem responder honestamente à todas essas perguntas, irão discordar de algumas. Espero que o post sirva para que os noivos possam se preparar para a entrevista. Eu devo ter esquecido algumas perguntas, mas a maioria está aí. Acho que vai muito de acordo com o Padre poder falar o que realmente pensa e ele aceitar. Talvez, se tivéssemos sido entrevistados por um padre mais rígido, a minha afirmação que reneguei a fé teria sido um problema bem mais grave.

Agora, rumo ao altar! 





Outros posts da série CASAMENTO GUIM - é só clicar que abrirá em uma nova aba:

Quer saber sobre as exigências da igreja católica, o curso de noivos e muito mais?
Casando na igreja católica

Quer saber sobre o meu noivado? Então confira os seguintes posts:

Gostou dos meus posts? Veja mais dicas aqui: 

Nenhum comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...